Autenticar

Login to your account

Username
Password *
Remember Me

O Rito de York

O Arco Real teve início em meados de 1750, embora alguns investigadores lhe atribuam data anterior.

O Rito de York é o rito predominante da Maçonaria Norte Americana e sob a sua égide desenvolveram-se líderes da sociedade estadudinense assente sempre nos principios da Liberdade Igualdade e Fraternidade.

Alguns investigadores, afirmam que este rito tem origens iluministas.

Acredita-se ainda, que o Rito de York foi levado para Inglaterra por volta de 1777.

A Grand Lodge of the Antients sustentava que o Arco Real era um quarto grau e poderia ser praticado em Loja sob a autoridade de uma Carta Constitutiva.

Em 1766, alguns membros ligados à primeira Grande Loja fundaram o primeiro Grande Capítulo, do qual origina o nosso Supremo Grande Capítulo; exaltaram o seu Grão-Mestre, lorde Blaney, e proclamaram-no Primeiro Grande Principal da Ordem.

Com esta investidura, surgiram alguns problemas, pois pensava-se que tal ato poderia implicar o reconhecimento da Ordem e passariam a existir dois Grão-Mestres, daí que, alguém alterou a Carta Constitutiva do Grande Capítulo, mudando a data para 1767 e colocando a letra “P” antes das palavras Grão-Mestre, fazendo parecer que, na época de sua exaltação, lorde Blaney fosse Past Grão-Mestre, como de fato o era nessa data, e afirmaram que ele havia agido extraoficialmente.

Contudo, o reconhecimento do Arco Real era essencial para a unificação das duas Grandes Lojas. Isto foi alcançado por meio da ambigüidade do texto da declaração preliminar do Livro das Constituições, que afirma que a pura e antiga Maçonaria consiste em três graus e não mais, ou seja, o de Aprendiz, Companheiro e Mestre Maçom.

O Sistema ritualístico Norte-americano, mais conhecido por Rito de York, tomou a sua forma hoje conhecida a partir de 1797, por intermédio do então codificador e “maçonólogo” I.’., Thomas Smith Webb, que fez uma coletânea dos rituais dos Graus Simbólicos, Graus Capitulares, Graus Crípticos e as Ordens de Cavalaria. Webb tomou por base para composição do Rito, as Ilustrações de Maçonaria ( Illustrations of Masonry ) do I.’. Willian Preston(1772) e das ritualísticas e procedimentos da Grande Loja dos Antigos (1751).

Surge então o Rito de York (York Rite), reforçando ainda mais as origens dos Antigos. Não sendo bastante no mesmo ano, em 24 de outubro, na cidade de Boston, Webb conseguiu a proeza de reunir diversos Sumos Sacerdotes dos Capítulos numa Convenção. Após a Convenção o Companheiro Ephraim Kirby foi eleito em 24 de janeiro de 1798, Grande Sumo Sacerdote, fundando no ano seguinte, o Grande Capítulo Geral dos Maçons do Real Arco ( The General Grand Chapter of Royal Arch Masons ), recebendo o termo International a partir de 1954.

As Lojas Simbólicas são denominadas Lojas Azuis ( Blues Lodges ), e em muitas Grandes Lojas só se usa a terminologia Rito a partir do 4º Grau dos Altos Graus. Pode parecer paradoxo, pois o sistema das Lojas Simbólicas originara-se a partir da composição de Webb, ou seja, RY.

Não podemos deixar de citar que o Arco Real é uma Ordem de caracter Espiritual. As lições retiradas do seu Ritual devem-nos levar a retomar o caminho de Deus, tal qual no livro de Oséias, de onde vêm as nossas palavras, lembrando-nos da misericórdia e do perdão de Deus.

Desta forma fica claro que, a partir da União das duas Grandes Lojas (Antigos e Modernos), o Arco Real passa a ser parte integrante da Maçonaria, diretamente ligada ao Simbolismo. Os Capítulos passaram a estar vinculados a uma Loja Simbólica. Face a esta interpretação, o Arco Real passa a não ser um grau, mas sim, uma Ordem que se desenvolveu ficando dependente do Simbolismo.

Atualmente o Arco Real é uma estrutura autonoma e independente da Grande Loja Legal de Portugal/GLRP, com a qual possui um tratado de reconhecimento mutuo.

Importa destacar que só podem fazer parte desta estrutura de Altos Graus, os Mestres Maçons que estejam inscritos e sejam membros de pleno direito da Grande Loja Legal de Portugal/GLRP ou de uma Grande Loja Regular.

O Arco Real faz parte do sistema de Altos Graus do Rito de York, onde tem por missão e objeto a gestão de 4 graus:

- Mestre de Marca,

- Antigos Veneráveis Mestres - Past Master

- Mui Excelente Mestre

- Maçom do Real Arco